RGH Residência no Jardim Represa
2016

Guido Otero, Ricardo Gusmão

A ser implantada num terreno plano e vizinho à represa Guarapiranga, a Residência RGH busca tecer uma relação singular com o espaço livre que a circunda. O partido do projeto busca abrir espaços de descompressão na residência mononuclear convencional, de uma única construção isolada no meio do terreno e compartimentada em ambientes, ao desagregar as suas funções em núcleos programáticos autônomos. A residência, portanto, surge como um diálogo entre volumes fechados, que de forma singular amparam as diferentes atividades do cotidiano e o espaço livre que flui entre eles buscando criar um espaço externo único. No centro do lote a sala assume um caráter aberto e articulador diferente das construções que

a circundam: um espaço de encontro que cristaliza o caráter fluido do ambiente externo em um espaço transparente. A estrutura projetada para esta casa fortalece o partido ao definir os núcleos programáticos como independentes estruturalmente e de construção sólida, concreto armado e paredes de alvenaria, em contraste com a sala constituída por uma cobertura leve de madeira e fechamentos envidraçados. Sobre esta grande cobertura um espelho d´água traz a memória da represa para dentro do lote e, a partir da vista do andar superior, conecta visualmente o céu e a paisagem do entorno nesse mesmo movimento de integração do espaço livre.

Projeto: RGH –  Residência no Jardim Represa Localização: Jardim Represa | São Paulo | SP
Ano projeto: 2016 Cliente: Privado Área construída: 350m2 Status: Projeto
Programa: Habitacional Autores: Guido Otero, Ricardo Gusmão
Colaboradores: Marina Novaes, Marina Pereira

INSTAGRAM #goaa_rgh
PROJETOS RELACIONADOS